Distúrbios Visuais e Qualidade de Vida

A miopia é uma das dificuldades de visão mais comuns que existem e já afeta um em cada quatro adultos em todo o mundo. Tire todas as suas dúvidas sobre este problema:

Miopia é uma anomalia refrativa caracterizada pela dificuldade visual para longe. Isso acontece porque os raios luminosos devem convergir para uma área próxima à retina, o que não acontece nos olhos com esse problema. Nos míopes, o ponto focal é formado antes do que deveria, conforme a ilustração a seguir.

O diagnóstico é feito com o exame de refração, que pode ser feito em qualquer idade, até mesmo em bebês. A idade ideal para se fazer o primeiro exame oftalmológico é aos seis meses de vida, quando já é possível detectar erros refrativos, ou miopias muito acentuadas, podendo ser detectada precocemente.

No entanto, na grande maioria dos casos a doença é descoberta na idade escolar, quando a criança inicia o processo de alfabetização e manifesta dificuldade para enxergar o quadro-negro.

Recentemente estudos mostram que a cirurgia refrativa para corrigir erros de refração – miopia, hipermetropia, astigmatismo – melhora a qualidade de vida e a autoestima. Atualmente, o procedimento é mais seguro e preciso, permitindo a correção cirúrgica dos erros refrativos em córneas mais fi nas. Altos graus de miopia também já podem ser corrigidos com o implante de uma lente intraocular. Se você não enxerga bem, saiba como os avanços tecnológicos na Oftalmologia permitem que um número cada vez maior de pessoas experimente um mundo novo sem óculos ou lentes de contato.

Independente da tecnologia trata-se de um procedimento ambulatorial, feito sob anestesia local, que não pode ser banalizado. Antes da operação o paciente é submetido a uma bateria de exames para avaliar produção lacrimal, espessura da córnea, saúde das diversas estruturas oculares e ausência de doenças sistêmicas que comprometem a cicatrização.

2018-03-06T14:49:17+00:00